sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A Educação Derreteu













Pode o ruim ser pior que o péssimo?
Se você leu o post abaixo, vai entender. Eu estava procurando uma vaga no ensino público, depois de ser enxotado de uma escola do Estado, aqui na Vila Madalena. Fui para o ensino Municipal. Fizeram o cadastro, mas dias se passaram e nada.

Insisti. Perguntei. Telefonei para 1.537.489 pessoas. A culpa é do “sistema”. O cadastro da prefeitura está junto com o do estado (com minúscula), e isso depende de o sistema “rodar”. Quer dizer, não depende de alguém que tenha boa vontade, depende de uma Entidade Superior que consiga dar o tranco inicial no sistema, assim como Deus criou a noite e o dia fazendo a Terra girar.  Mas como quem tem boca vai à Roma, descobri que haviam transferido o pequeno para outra escola estadual, bem distante. Sem me perguntar. Sem avisar. Sem dar uma pista. Ou seja, nunca conseguiríamos a vaga, porque o sistema indicava que ele estava matriculado. É preciso dizer mais alguma coisa?
Não acho mais que seja desrespeito. Acho que o sistema de Educação no Estado derreteu. Deve ser isso.  Passou para o estado líquido. E agora deve estar evaporando.
A esperança é que a rede municipal possa incluí-lo. E tudo indica que o ensino municipal de São Paulo é melhor do que o estadual. E por que seria? Acho que pela alternância de partidos no poder. Sim. Só pode ser isso. A alternância deu algumas chacoalhadas e a coisa melhorou. Não encontro outra explicação para o fato de o Ensino Estadual ter derretido. Amém.

9 comentários:

  1. Infelizmente à pessoas que trabalham não pelo amor, mas sim muita das vezes pelo dinheiro, isto quer dizer que não se importa com o proximo, então isso acontece em todos os lugares principalmente quando se fala de ensino público.

    Dayane Conceição Silva Faculdade Torricelli 1°Semestre Manhã.

    ResponderExcluir
  2. É ruim saber que existem pessoas que não trabalham com vontade, e não se importam com o próximo, jogam seus serviços pra o ar, assim colocando a culpa no outro e não assumindo a responsabilidade. Mas pior que existem muitas pessoas que são assim, e simplismente não estão nem ai com você.

    Bianca Alves, 1º Semestre - Manhã - Turismo

    ResponderExcluir
  3. O sistema foi, é e sempre será o "bode expiatório" do funcionalismo público!

    Paula Rosana Freitas da Silva - Faculdade Torricelli (Letras-manhã 1ºsemestre.)

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Aquele que trabalha apenas pelo dinheiro, que não se importa em ajudar ou resolver o problema das outras pessoas é o chamado "funcionario publico". Não conheci uma pessoa a minha vida toda que tenha elogiado o serviço publico uma sequer vez, só o que escuto são reclamações com fundamentos.
    O Pior é que muitas vezes os "funcionarios publicos" são contratados exatamente para facilitar a vida do cidadão. Certa vez, sai do meu trabalho e fui direto para o centro de Guarulhos pois precisava tirar o meu titulo de eleitor, saiu do meu trabalho as 4 horas da tarde e cheguei no centro através do nosso transporte publico, as 4:55, fui até a cartório e o nosso "funcionario publico" se recusou a me atender pq o seu horario era até as 5 horas da tarde e que era pra eu voltar outro dia. é mole?! ... Do mesmo jeito que ele estava trabalhando eu tbm estava, podia muito bem ter ido direto para a minha casa mas passei lá e ele não me atendeu. Tive que voltar outro dia de manha para conseguir tirar meu titulo.

    Giovanna Elia Turimo - Manha - Torricelli

    ResponderExcluir
  6. Se bem que não é só no Ensino Público esses casos , minha Tia semana passada , quase passou na mesma situação .. Pagou matrícula , comprou material e chegou no dia da aula , a minha prima não estava matriculada , detalhe: NENHUMA criança estava.
    a Escola fechou e só tinha uma secretária que informou que o problema era com a Secretaria , pois foi ela quem deu ordens de fechar o estabelecimento .
    a falta de ética e de respeito com aqueles que usam os serviços públicos ou não , está em alta.
    e vamos fazer o que ? correr atrás da Secretaria ? Polícia ? do Estado ?
    pois é , estamos sozinhos nessa , ou desistimos ou lutamos. E se desistirmos, é assim que vamos ter crianças alfabetizadas ?

    Natália Amarins , Turismo , Manhã .

    ResponderExcluir
  7. é verdade e creio que ficaria um pouco melhor se o governo fosse mais variado

    ResponderExcluir
  8. Acredito que a educação no Brasil está precária e não só pela falta de atitude do governo mas sim também pelo povo que não faz nada em relação a isso aceita tudo que o governo impõe e nem se dá ao trabalho de questionar. Esse não é o primeiro e não será o último desses casos pois nada está sendo feito para que haja uma mínima melhora.

    Thais Sandes da Silva - 1° Semestre Letras Port./Inglês - Torricelli

    ResponderExcluir
  9. ingrid dos Santos 1°sem hotelaria4 de junho de 2011 07:38

    é pelo visto a educação derreteu mesmo,e dificil acreditar que em um País que está entre o chamado BRIC, um País que está se desenvolvedo rapído, a educação que deveria ser prioridade está indo de mal a pior.

    ResponderExcluir